Trabalhar com arquivos armazenados em nuvem já é uma realidade para muitas empresas. O acesso de qualquer lugar a e-mails e arquivos, a colaboração eficiente entre setores, a segurança reforçada e o espaço ilimitado para guardar as informações são alguns dos fatores que levam negócios a adotar essa ferramenta.

Além disso, a possibilidade de reduzir de custos e melhorar a mobilidade operacional leva ainda mais empresas a investir nessa solução como uma ferramenta estratégica.

Mas, afinal, o que tornou a nuvem um dos melhores ambientes para salvar arquivos? Como essa solução pode ser adotada pelo seu negócio? Quais são os benefícios de ter os arquivos na nuvem? Confira tudo isso a seguir!

Como a computação na nuvem se tornou um investimento estratégico

O mercado mudou rapidamente nos últimos anos. Com a necessidade de responder as demandas do mercado com rapidez, empresas de vários setores agora devem trabalhar de maneira estratégica, com ritinas flexíveis e ágeis.

E, nesse cenário, o armazenamento na nuvem desempenha um papel de destaque. Afinal, a ferramenta cria um ambiente para que profissionais possam atuar com mobilidade e integração.

Com ela, será possível trocar, acessar e modificar arquivos a qualquer momento, evitando atrasos e maximizando a produtividade de cada time. Assim, a empresa consegue se manter competitiva e capaz de atingir os seus objetivos de médio e longo prazo.

Principais vantagens de manter arquivos na nuvem

Como dissemos, a nuvem traz uma série de vantagens para o negócio. Conheça agora, em detalhes, os 5 maiores benefícios do armazenamento na nuvem:

1.Mais mobilidade

Não faz muito tempo, éramos completamente dependentes do e-mail, que era baixado no computador de mesa para que pudéssemos acessar o seu conteúdo. Mas, com o armazenamento de arquivos (e e-mails) na nuvem, essa situação muda completamente, possibilitando ao usuário receber ou enviar mensagens a partir de dispositivos diversos, inclusive mobile.

Isso garante que a equipe acesse documentos importantes e trabalhe neles de onde quer que seja.

2.Colaboração entre equipe

colaboração entre equipes significa um ganho considerável na agilidade dos processos, pois, com todas as informações acessíveis a todos, dispondo de recursos e ferramentas em serviços como G Suite (antigo Google Apps) ou Office 365, tudo fica mais fluído, culminando em resultados muito positivos.

Além disso, outra grande vantagem é que tudo fica registrado na nuvem, sem ocupar espaço do computador e podendo ser acessado por meio de dispositivos móveis.

3.Mais segurança

Para empresas de alta performance, uma falha mecânica — uma queda de luz, por exemplo — pode representar a perda de muitos dados se o trabalho estiver sendo feito de forma local.

Nesse sentido, a computação em nuvem elimina qualquer falha, pois o salvamento é feito de forma automática e os dados estarão disponíveis e atualizados a qualquer momento.

Além disso, ela gera recursos e mecanismos para proteção de arquivos e dados, como criptografia, selos de segurança e backup (que mantém os arquivos seguros e recuperáveis, não ocupando espaço dos servidores), por exemplo.

4.Espaço ilimitado

O armazenamento de arquivos é algo que precisa fazer parte do pensamento estratégico das empresas, pois muitos acabam causando sobrecargas e gerando lentidão ao sistema — e até uma certa inviabilidade de inserção de novos arquivos.

Nesse sentido, tal volume é absorvido por meio da computação na nuvem, já que ela é usada como um HD, liberando o espaço das máquinas para que elas rodem de forma mais rápida.

5.Drástica redução de custos

De fato, o uso do software como serviço é um dos grandes benefícios da computação em nuvem. No lugar de comprar servidores para instalar pesados softwares de gestão e ainda pagar pelo licenciamento, agora é possível pagar somente pelo que for usado — o que significa uma economia significativa.

Outra grande vantagem é que, se a demanda de um mês for menor do que o esperado, é possível pagar menos pelo serviço, e o mesmo acontece quando a demanda for maior.

Além disso, trabalhar com o armazenamento na nuvem de documentos importantes garante que todas as alterações serão registradas. É possível até resgatar arquivos que tenham sido deletados — um recurso que pode salvar transações!

Como garantir a segurança com o armazenamento na nuvem

A segurança no armazenamento na nuvem é algo com que a empresa deve estar atenta. Isso porque, ao migrar os seus dados para um ambiente remoto, a companhia precisa manter-se protegida contra ataques e possíveis vulnerabilidades.

Mas como fazer isso? Confira abaixo três fatores que podem auxiliar nesse processo!

1. Verificar a confiabilidade do serviço

Faça uma análise da confiabilidade dos serviços disponíveis. Verifique como a empresa lida com os dados de terceiros, quais são os seus processos de segurança de dados e a sua política de privacidade.

É importante que todos esses fatores estejam alinhados com o perfil do negócio e as normas de compliance internas. Dessa forma, a empresa consegue evitar problemas de segurança e garantir que a companhia escolhida tem uma solução capaz de lidar com as suas informações da maneira adequada.

2. Optar pelo fornecedor com o melhor custo-benefício

A escolha da empresa responsável pelo serviço de cloud storage deve considerar, também, o custo-benefício do serviço escolhido. Esse é um dos principais pontos a serem avaliados e, em geral, levam em conta um grande número de fatores.

A ferramenta ideal tem um plano alinhado com as necessidades da empresa, uma rotina de segurança de dados eficaz e um bom conjunto de funcionalidades. Além disso, a solução deve contar com uma infraestrutura de alta performance e disponibilidade, capaz de entregar os dados de usuários sempre que for necessário.

3. Criar uma política de controle de acesso

A política de controle de acesso reduz as chances de uma conta comprometida obter acesso a dados sigilosos. E é importante que ela seja incorporada ao novo serviço de cloud storage, evitando a criação de brechas no ambiente de trabalho.

Nesse sentido, uma boa política de controle de acesso reduz os dados disponíveis apenas ao mínimo necessário. A companhia deve fazer uso de medidas para monitorar alterações, evitando qualquer tipo de fraude.

Enfim, por tudo isso, o armazenamento de arquivos na nuvem pode tornar-se rapidamente um investimento estratégico para a empresa.

Bem incorporado ao ambiente de trabalho, ele torna os times mais unidos e gera mobilidade operacional. Assim, todos podem prestar serviços de maior qualidade e capazes de gerar lucros contínuos para a companhia!

Então, gostou das nossas dicas sobre o armazenamento na nuvem? Ficou com alguma dúvida? Deixe-nos o seu comentário!