A computação em nuvem está cada vez mais ganhando espaço nos negócios. Estima-se que mais da metade das organizações com setor de TI tenham migrado sistemas e ferramentas para a nuvem. Isso tem reduzindo custos, aumentando a eficiência e disponibilizando tempo para focar em estratégia e inovação. Cloud Computing é o acesso a serviços disponíveis em servidores pela internet, ou software como serviço (SaaS), o que gera infinitas possibilidades cada vez mais associadas ao cotidiano das pessoas e empresas inovadoras.

Mas nada disso é uma novidade, afinal, Cloud Computing acontece desde os primeiros mainframes. Porém, com o considerável aumento no acesso à internet com alta velocidade e no uso de smartphones, há maior demanda por soluções em nuvem.

Para os negócios, nesse sentido, foram criadas infinitas oportunidades que podem auxiliar a otimizar investimentos, reduzir custos e gerir operações. O receio de colocar em risco a segurança e a privacidade dos dados está em pauta com as novas tecnologias e plataformas.

Investir em Cloud Computing é um bom negócio?

A otimização dos procedimentos com base na nuvem reduz os custos, aumenta o rendimento e a organização, atraindo e mantendo clientes. Esse ganho de competitividade é o principal resultado da otimização de investimentos com Cloud Computing, pois além da flexibilidade de modelos de negócios, aumenta a capacidade de responder às demandas mercadológicas.

A otimização do investimento em Cloud Computing é o tema deste material disponibilizado pela IPNET, que apresenta em linguagem acessível até para não técnicos do setor o que é e como funciona a computação em nuvem, quais seus benefícios para além da Tecnologia da Informação (TI) e como pode auxiliar na otimização de processos e, consequentemente, reduzir custos e render mais nos investimentos.

Entre os procedimentos gerenciais que podem ser otimizados com a computação na nuvem estão:

– os sistemas de gestão, como os softwares de gestão integrada (ERP),

– a organização de tarefas,

– a comunicação interna,

– o armazenamento de arquivos na nuvem, que estão cada vez mais sincronizados em multi-dispositivos,

– as plataformas de bancos de dados,

– as soluções de produtividade e mobilidade de serviços, que tornam as rotinas de serviços mais eficazes e integradas entre os profissionais de diferentes setores.

Isso reduz o número de erros e repetições, possibilita a recuperação de dados perdidos com acesso remoto e aumenta a confiabilidade e o acesso de informações sobre os registros corporativos para a tomada de decisões.

Por exemplo, a gestão orçamentária em ferramentas na nuvem reduz o gasto com pessoal de TI, equipamentos, necessidade de manutenção e custo com licenciamentos de softwares. Pode ser utilizada também para coordenar e integrar participantes da mesma plataforma, tornando políticas de home office e BYOD (Bring Your Own Device, ou Traga o Seu Próprio Dispositivo) mais integradas e seguras.

Como implantar Cloud Computing no meu negócio?

O passo inicial para a implantação de Cloud Computing é a avaliação do ambiente corporativo por gestores de TI, a fim de encontrar os problemas e o que pode ser melhorado no setor. A partir disso são selecionadas ferramentas inovadoras com custo-benefício adequado e sua implantação segue com monitoramento.

O custo de contratação das ferramentas de Cloud é considerado baixo, com bom controle de funcionamento e alta escalabilidade (pode adicionar ou modificar serviços de acordo com os objetivos).

Os três principais modelos de Cloud Computing são:

A nuvem pública (recursos acessados por vários usuários, com custo mais dividido e menor),

A nuvem privada (configurada e gerenciada por um usuário, com custo e controle maiores) e

A nuvem híbrida (serviços selecionados para a cadeia operacional do negócio).

A híbrida é a mais indicada para a primeira fase de migração da ERP para a nuvem.

A gestão do negócio pela nuvem pode ser feita por diferentes plataformas e ferramentas. Por exemplo, a customização de sistemas de integração do relacionamento com o cliente (CRM) pode contar com ferramentas do Google para aumentar a colaboração e produtividade do seu negócio (G Suite).

O Google Maps é outra ferramenta que pode ser utilizada para gerar informações estratégicas com os dados geográficos, além de gerenciar leads, contatos e oportunidades relacionadas aos clientes.

As 4 maiores plataformas de Cloud Computing do mercado

A principal plataforma de computação na nuvem da Google é o Google Cloud Platform, que permite uma variedade de aplicações em gestão de negócios, de procedimentos, de equipes e de documentos. Sua utilização tem aumentado a eficiência nos negócios e tem reduzido custos, tornando as empresas mais inovadoras e competitivas.

Para adotar o Google Cloud Platform deve-se avaliar as condições de infraestrutura, redes, dispositivos e de pessoal. Já os softwares são comprados somente de acordo com o que é útil e pelo período desejado, como no sistema Software as a Service (SaaS) de big data e machine learning. Apresenta integração com ferramentas Google (ex.: G Suite).

Outra plataforma utilizada massivamente é Amazon Web Services (AWS), que disponibiliza uma maior quantidade de serviços com base na nuvem e tem maior marketplace que as demais, possuindo mais Datacenters que o Google.

A representante da Microsoft em soluções na nuvem é a Azure, indicada principalmente para projetos que utilizam ferramentas da Microsoft. Tem menor custo médio que as demais plataformas aqui apresentadas, porém não é indicada para aplicações que exigem maior segurança ou continuidade de funcionamento.

A quarta plataforma de Cloud Computing mais utilizada é a Rackspace, com boa relação custo-eficiência. Permite clientes consultarem engenheiros nas fases de planejamento, arquitetura, construção e operações, além de oferecer plataformas multi-inquilino ou de inquilino único, no centro de dados do cliente ou in-house.

Como unir soluções para a empresa em pacotes planejados?

Para unir essas soluções em pacotes planejados para seu negócio e sincronizados para o funcionamento integrado, a IPNET disponibiliza conjuntos de serviços como nos pacotes  Premium Services para G Suite, que trazem os seguintes benefícios para o negócio:

– reduzem o custo com licenças de programas em até 90%,

– contam com gerente de conta e atendimento especializado,

– têm bons desempenhos e segurança no uso das ferramentas e oferecem treinamentos para a otimização de investimentos em Cloud Computing.

Ficou alguma dúvida? Solicite contato de um consultor IPNET

A IPNET é um dos principais parceiros Google da América Latina para fornecimento de aplicações na Nuvem do Google (G Suite) desde 2010. Recebemos certificação Premier na área de Geotecnologias da Google, somos a única empresa no Brasil certificada Google Premier tanto para G Suite como para as soluções de Mapas do Google. Já em 2014 ampliamos as parcerias estratégicas com Amazon, Azure e Rackspace, aumentando a atividade em Cloud Computing.