Nos últimos anos, o aprendizado de máquina ganhou um papel de destaque dentro do ambiente corporativo. Ele permitiu que empresas criassem soluções mais inteligentes e reduziu o número de riscos envolvidos na realização de negócios. E com a chegada do deep learning, empreendimentos podem criar estratégias ainda mais competitivas.

Quer saber o que é deep learning? Então acompanhe o nosso post abaixo!

Conceito de deep learning

Deep learning é uma tecnologia que permite à empresa ampliar o potencial de algoritmos de aprendizado de máquina. Ela foi criada como uma espécie de “evolução” dos sistemas de machine learning tradicionais. Com ela, organizações podem compreender melhor os padrões de funcionamento e solucionar problemas complexos, como:

  • reconhecimento de padrões de imagens;
  • transcrição de voz e texto;
  • previsão de eventos;
  • criação de padrões de uso de sistemas;
  • recomendação de produtos;
  • melhora da experiência de uso de softwares;
  • detecção de fraudes e vulnerabilidades.

Vantagens para o seu negócio

O deep learning pode trazer uma série de vantagens para empresas. Ele cria um ambiente onde os profissionais podem atuar de maneira estratégica, com serviços melhor estruturados e que sejam capazes de atender todas as demandas do mercado. Entre as principais vantagens dessa tecnologia, destacamos:

1. Melhora da experiência de usuários

Um bom software fideliza o usuário com uma boa experiência de uso. Por meio do deep learning, o negócio pode conhecer melhor como os usuários de seus produtos fazem o uso dos recursos disponíveis, avaliar falhas e, assim, determinar qual a melhor forma de otimizar a experiência de uso como um todo.

A análise de vários logs de uso será feita rapidamente. Assim, analistas podem classificar quais são os problemas mais frequentes e otimizar a correção do código-fonte. Além disso, os recursos mais utilizados são descobertos, permitindo a criação de um layout mais inteligente.

2. Otimização de campanhas de marketing

As campanhas de marketing são peça-chave para garantir o sucesso da empresa. Bem planejadas, elas permitem ao empreendimento expandir a sua presença no mercado e criar oportunidades de negócio.

Com o deep learning, o empreendimento pode conhecer o impacto das campanhas de marketing anteriores, avaliar as variações nas demandas por produtos e identificar quais são os pontos que necessitam de melhoria. Dessa forma, a empresa pode atingir públicos maiores e manter as taxas de conversão elevadas.

3. Maior capacidade de detectar fraudes e vulnerabilidades

Outro ponto importante da rotina de qualquer negócio é sua capacidade de detectar problemas rapidamente. E com o deep learning isso pode ser levado a outro nível. A empresa poderá encontrar problemas em diferentes processos com alta precisão, evitando prejuízos.

Na rotina de otimização de infraestrutura, por exemplo, o negócio pode rastrear brechas de segurança, gargalos de rede ou identificar contas comprometidas rapidamente. Dessa forma, o gestor de TI conseguirá aplicar medidas de mitigação de riscos rapidamente, evitando prejuízos para o negócio.

Já nos processos de venda, a companhia pode rastrear possíveis fraudes rapidamente. Ao efetuar uma análise de crédito, por exemplo, um número maior de fatores é colocado pelo analista para identificar o perfil do consumidor. Assim, a companhia reduz os riscos ao efetuar uma transação financeira.

Mais competitividade para as empresas

Empresas precisam trabalhar continuamente para criar serviços mais inovadores e com um melhor direcionamento a partir das demandas do mercado. E, com o apoio da tecnologia, essa meta é atingida facilmente, uma vez que analistas terão meios mais inteligentes para definir como o negócio pode estruturar as suas rotinas e, assim, gerar mais competitividade.

Investindo no deep learning, a empresa consegue criar um novo portfólio de serviços. Ele será baseado em uma análise precisa do perfil de seu público-alvo. Ao mesmo tempo, a análise de dados a partir dessa tecnologia torna as estratégias mais seguras e fornece precisão para diversas rotinas operacionais. Assim, a empresa pode manter-se competitiva e com alta capacidade de realizar negócios.

Gostou do nosso artigo sobre o que é deep learning e quer acompanhar outras novidades do nosso blog? Então siga os nossos perfis no Facebook e no LinkedIn!