Você sabe o que é add-on? Consegue diferenciá-los de plugins e extensões para a web? Quais as suas vantagens?

Add-ons, plugins e extensões são palavras conhecidas de quem utiliza diariamente a web. Tais ferramentas tornam a navegação mais prática e fácil, removendo ou tornando mais prático o acesso a conteúdos. Quer saber mais? Então veja o nosso post de hoje!

O que é add-on?

Os add-ons são semelhantes a aplicativos. Porém, o seu uso está vinculado diretamente à execução de um outro software. Em outras palavras, os add-ons são aplicativos que são instalados ao lado de um programa já existente para aumentar as suas funcionalidades.

Os add-ons geralmente são utilizados para ampliar as funcionalidades de uma aplicação. Feitos em muitos casos de maneira independente, eles auxiliam usuários da web a terem uma navegação mais agradável bloqueando anúncios e mostrando os principais conteúdos de uma página com maior precisão.

Para que servem os plugins?

Os plugins são programas instalados em um navegador ou página web que permitem a utilização de recursos que não estão disponíveis nativamente por meio do HTML. Esse é o caso, por exemplo, do Adobe Flash Player e do Java. Ambos são utilizados para a exibição de conteúdos multimídia e a execução de web apps.

O Adobe Flash Player, por exemplo, é utilizado para reprodução de vídeos e execução de jogos educativos. O Flash possui uma série de mecanismos que facilitam a reprodução e a interação do usuário com tais conteúdos. Assim, web developers podem criar experiências mais inteligentes e dinâmicas.

Já o Java é normalmente utilizado para a execução de mecanismos de segurança em páginas de bancos. Uma vez ativo, o Java serve como uma “ponte” entre o navegador e os programas de segurança da instituição financeira, que reduz as chances de transações e dados enviados e recebidos pelo usuário sejam capturados por terceiros.

Os plugins também são executados diretamente em páginas web. instalados em blogs do WordPress, por exemplo, eles ampliam as funcionalidades do site. A exibição de conteúdos passa a ser mais dinâmica e inteligente, criando uma melhor experiência para o visitante. Esse é o caso do W3 Total Cache, que reduz ao máximo o tempo de acesso criando um cache mais eficaz e inteligente.

Como as extensões funcionam?

As extensões são programas feitos para funcionar junto com o navegador para o qual elas são desenvolvidas. Elas conseguem manipular conteúdos em uma página e conectar-se a outros serviços para compartilhamento e acesso a dados úteis ao usuário. Ao contrário de um plugin, extensões não impedem o acesso a um conteúdo: elas ampliam as funcionalidades de um navegador web.

Um tipo de extensão comum é a voltada para o bloqueio de anúncios e rastreadores na web. Com o auxílio de grandes bancos de dados, essas extensões podem manipular o código-fonte de páginas web e, assim, bloquear scripts e plugins voltados para o rastreamento e a exibição de publicidade feita a partir dos hábitos de navegação do usuário. Assim, o usuário mantém uma rotina da web mais segura e com maior privacidade.

A escolha entre um add-on, extensão ou plugin irá variar conforme as demandas de cada usuário. Justamente por isso é importante saber o que é add-on e como ele diferencia-se das outras soluções apresentadas: isso garante que a escolha final será a melhor possível sempre.

Gostou do nosso post e quer receber outras dicas sobre internet e tecnologia? Assine já a nossa newsletter!